Home / Programação

Programação

19 DE AGOSTO // 2018

Em 2018, o Festejo do Tambor Mineiro será realizado no dia 19 de agosto, das 10h às 20 horas, em frente à Associação Cultural Tambor Mineiro – Rua Ituiutaba, 339, Prado – em Belo Horizonte. Doe 1 KG de alimento não perecível! Os alimentos serão doados para os festejos de guardas e irmandades do Rosário.



Manhã / Tarde

Guarda de Moçambique Nossa Senhora do Rosário e Sagrado Coração de Jesus - Irmandade Os Carolinos

Guarda de Moçambique Nossa Senhora do Rosário e Sagrado Coração de Jesus - Irmandade Os Carolinos

Bairro Aparecida // Belo Horizonte (MG) // Fundada em 1917


[Foto: Netun Lima]

Guarda de São Jorge de Nossa Senhora do Rosário

Guarda de São Jorge de Nossa Senhora do Rosário

Bairro Concórdia // Belo Horizonte (MG) // Fundada em 1938

 

[Foto: Netun Lima]

Guarda de Moçambique Treze de Maio de Nossa Senhora do Rosário

Guarda de Moçambique Treze de Maio de Nossa Senhora do Rosário

Bairro Concórdia // Belo Horizonte (MG) // Fundada em 1944

 

[Foto: Patrick Arley]

 

Guarda de Moçambique Nossa Senhora do Rosário - Irmandade Nossa Senhora do Rosário Os Ciriacos

Guarda de Moçambique Nossa Senhora do Rosário - Irmandade Nossa Senhora do Rosário Os Ciriacos

Contagem (MG) // Fundada em 1954

 

[Foto: Netun Lima]

Banda Dançante do Rosário de Santa Efigênia

Banda Dançante do Rosário de Santa Efigênia

Conselheiro Lafaiete (MG) // Fundada em 1967

 

[Foto: Netun Lima]

Guarda de Congo Feminina de Nossa Senhora do Rosário

Guarda de Congo Feminina de Nossa Senhora do Rosário

Bairro Aparecida // Belo Horizonte (MG) // Fundada em 1973

 

[Foto: Netun Lima]

 

Guarda de Moçambique Nossa Senhora do Rosário e São José

Guarda de Moçambique Nossa Senhora do Rosário e São José

Bairro Inconfidência // Belo Horizonte (MG) // Fundada em 1987

 

[Foto: Netun Lima]

Guarda de Congo de São Benedito

Guarda de Congo de São Benedito

Santa Luiza (MG) // Fundada em 1995

 

[Foto: Netun Lima]

Guarda de Moçambique do Divino Espírito Santo

Guarda de Moçambique do Divino Espírito Santo

Bairro Aparecida // Belo Horizonte (MG) // Fundada em 1999

 

[Foto: Netun Lima]

Guarda de Congo da Irmandade de Nossa senhora do Rosário – Reinado dos Arturos

Contagem-MG

Guarda de Moçambique Nossa Senhora do Rosário e Santa Efigênia - Ouro Preto-MG

Tarde / Noite

Maracatu Lua Nova
Mauricio Tizumba e Grupo de Atabaque

Júlia Dias

Formado a partir das aulas ministradas por Maurício Tizumba na Associação Cultural Tambor Mineiro, o Grupo de Atabaque trabalha os cantos e ritmos do candomblé, como Congo de Ouro, Ijexá, Barravento e Cabula, além de sambas e canções da música popular brasileira.

[foto: Mirela Persichini]

Bloco Saúde

Bloco Saúde

O Bloco Saúde reúne mais de 60 colaboradores, médicos cooperados e convidados, que ensaiam semanalmente no Espaço Cultural Tambor Mineiro, patrocinado pelo Instituto Unimed-BH, por meio de seu Programa Cultural. O Bloco apresenta-se em ações do Instituto, festivais, shows e em eventos internos da Cooperativa, sob a regência de Júlia Dias e Maurício Tizumba.

 

[foto: Fernando Lutterbach]

Manu Ranilla Novos Pandeiros

Manu Ranilla

Formado a partir das aulas de pandeiro ministradas na Associação Cultural Tambor Mineiro, o Grupo Novos Pandeiros investiga as diversas possibilidades do instrumento e os ritmos brasileiros através de estudos práticos e teóricos. No Festejo 2016, os alunos se apresentam ao lado da professora Manu Ranilla.

 

[foto: Luiza Villarroel]

Jeiza Fernandes e Lucas Castro
Meninos de Minas
Mauricio Tizumba e Grupo Tambor Mineiro com participação de Martnália
Bloco Oficina Tambolelê

Tambolelê

Criado em 1999 pelos músicos Santonne Lobato, Geovane Sassá e Sérgio Pererê, o Bloco Oficina Tambolelê tornou-se logo referência em Belo Horizonte ao unir pesquisa, música e cultura afro. Os encontros realizados nas ruas do Novo Glória, região Noroeste de Belo Horizonte, inicialmente reuniam jovens do bairro para tirar som de instrumentos de percussão convencionais e alternativos como panelas, latas, tampas de alumínio e tacos de madeira. Após mais de uma década de história, o Bloco Oficina Tambolelê redescobre a cada dia uma maneira de manter viva sua crença de que a arte tem o poder de transformar e vencer barreiras. A busca pela valorização da cultura afro-mineira continua sendo princípio básico desse trabalho.

 

[foto: divulgação]

Bloco Tambor Mineiro



Compartilhe: